22 de outubro de 2010

Ah! O Amor...















Amor
Nunca dor
Jamais causa sofrer
Menos ainda eterno padecer
Nos faz enxergar a vida
Nos mostra que amar é tudo

Amor encanta
Nunca espanta
Ele escapa
Mas retorna

O amor cega
Ele deixa bobo
Nos faz criança
Deveras é louco

Amor cura a ferida
Traz o sorriso novamente
Cala a voz sofrida
Espanta os males d'alma

Amor dói e sara
Cicatriza e deixa marcas
Dilacera a alma inteira
Volta a ser doce

O amor quando chega encanta
Ele paira em nosso coração
Ri o riso dos apaixonados
E chora o choro feliz

O amor quando permanece é eterno
Quando verdadeiro ele jamais morre
Quando sincero ele cresce todo dia
E jamais causa feridas em alguém

3 comentários:

Marcela Melo disse...

O amor é mágico mas poucos o reconhecem e o trata como uma paixão qualquer, por isso ele adormece...
Lindo texto... apaixonante.

israel batista disse...

muito bom esse seu blog parabéns adorei agora visite o meu www.blogdoisraelbatista.blogspot.com abraços

José María Souza Costa disse...

Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Natal agradável, harmonioso e com sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com